terça-feira, agosto 07, 2007

À luz do dia









Num passeio matinal e casual pelo centro de Lagos, acabei por redescobrir esta colecção (incompleta ainda) de candeeiros, escondidos pela luz do dia, a altura onde se instalam, a confusão alegre das pessoas que povoam nesta altura as diversas ruas e os olhares pouco atentos ao que vem de cima.

3 comentários:

Vieira Calado disse...

Este tipo de candeeiro é dos que havia em Lagos, antigamente. Parece que há um Movimento para voltar a pô-los por todo o lado.
Um lacobrigense.
Bom resto de Domingo

Vieira Calado disse...

Olá! Um outo blog duma lacobrigense. Não conhecia desejo-lhe longa vida.
Um abraço.

ÁRVORES DO SIMAO disse...

Ola, caríssima Fatma! Foi por acaso que passei por aqui, li alguns textos de diferentes nuanças delicadas, ricos de imagens e de idéias. Gostei muito dos candeeiros e dos estilos das faixadas, ora branco, ora róseo entre tons variantes que se harmonizam, - belíssimas visões. Eu cá, bem de longe, do outro lado do oceano, te indagaria: é a tua visão do paraíso? Ainda que não seja, mas devo te dizer que estás no caminho certo ...

Gostei muito, parabéns!
abraço.